Futevôlei

Se você procura por uma atividade física que una não somente a melhora do seu condicionamento físico, mas também seja um local de diversão e socialização, o Futevôlei é uma opção incrível. 

Criado em meados de 1960 no Rio de Janeiro, o Futevôlei rapidamente ganhou os corações de quem ama o esporte, atualmente praticado não somente em países tropicais, como também na Europa, Ásia e EUA, inclusive com federações internacionais organizando campeonatos.

Neste artigo, vamos falar sobre as principais regras do Futevôlei, os benefícios de praticar essa atividade e como começar a jogar! Confira:

Sumário

Benefícios do Futevôlei

A atividade oferece diversos benefícios aos praticantes. De maneira geral, é possível dizer que o Futevôlei é muito bom para quem quer:

  • Emagrecer: pode-se perder de 450 a 800 calorias em uma hora de atividade intensa.
  • Manter a saúde cardiovascular: apesar de não parecer tão extenuante, jogar uma partida de Futevôlei é bem cansativo, principalmente pela necessidade de ser ágil na areia fofa.
  • Combater a perda óssea e muscular: sua capacidade de aguentar uma partida caminha em conjunto com o fortalecimento da musculatura.
  • Manter os níveis de vitamina D: por ser realizada ao ar livre, sob o sol, a atividade é fundamental para sintetizar essa vitamina.



Como se joga Futevôlei?

Separamos um passo a passo para você entender as regras, principais fundamentos e truques desse esporte. Vamos lá:

1 – O jogo parece muito o vôlei, mas não é!

Se olhar de longe, você certamente vai achar que o Futevôlei é exatamente igual ao vôlei. Mas a coisa não é bem assim… Claro, a diferença mais óbvia é a troca do uso das mãos pelos pés, mas existem outras diferenças básicas que afetam a dinâmica do jogo.

futevolei 2

No vôlei, por exemplo, prioriza-se muito a força. Atletas com boa capacidade de saque, cortes ou bloqueio tendem a ser os grandes pontuadores e jogadores do jogo. No Futevôlei, ao contrário, a tendência se inverte. O controle de bola e bom posicionamento são mais importantes que a potência, pois isso te dá vantagem para conseguir colocar a bola do outro lado da rede com o máximo de técnica.

Outro ponto importante que faz a dinâmica do jogo de Futevôlei se diferenciar do vôlei é a altura da bola nas jogadas. No vôlei, o mais comum é o levantador tentar acelerar o passe para evitar que o adversário arme um paredão e bloqueie o ataque. No Futevôlei, porém, quanto mais tempo a bola estiver no ar, mais fácil será para dar prosseguimento à jogada, analisar os adversários, ver o posicionamento do companheiro e ter uma tomada de decisão mais precisa.

Claro, essa é a tendência é a maneira mais fácil de compreender e praticar o jogo com mais facilidade. Porém, atletas com experiência podem, claro, acelerar alguns tipos de jogadas e se dar ao luxo de executar uma ação mais ágil ou um passe mais curto e baixo.

futevolei 3

2 – Regras do Futevôlei

As regras são similares às do vôlei, porém, usando os pés, pernas e cabeça. Como no futebol, vale tudo menos os braços, antebraços e as mãos.

O esporte é praticado com uma bola, normalmente em uma quadra de vôlei de praia com medidas de 9 metros de largura e 18 metros de comprimento, dividida ao meio por uma rede de 2,20 metros de altura.

As partidas podem ser disputadas em 2×2, 3×3 ou 4×4 jogadores de cada lado da quadra (os campeonatos oficiais são disputados na modalidade 2×2).

Como no vôlei, são permitidos o máximo de três toques na bola, porém, podendo passar para o outro lado em qualquer um dos toques, e não somente depois de um primeiro toque na bola como no vôlei.

Durante a partida é permitido o uso da seguintes partes do corpo:

  • Pé;
  • Coxa;
  • Ombro;
  • Peito;
  • Cabeça.

Os principais fundamentos do Futevôlei são:

  • Saque;
  • Recepção;
  • Passe;
  • Ataque;
  • Defesa.

Todos os fundamentos são melhores aproveitados quando você tem um bom controle de bola, ou seja, consegue dominar a bola já realizando o passe com eficiência, e bom posicionamento, o que irá lhe conferir uma vantagem enorme para acertar a bola com maior precisão.

Atualmente existem duas entidades reguladoras da modalidade: a Federação Internacional de Futevôlei e a Federação Europeia de Futevôlei. No Brasil, o órgão máximo do esporte é a CBFv (Confederação Brasileira de Futevôlei).

3 – Principais acessórios para jogar Futevôlei

Se você quer começar protegido existem alguns acessórios que podem te ajudar na hora do jogo:

  • Viseira: se você tem problemas de lidar diretamente com a luz do sol, a viseira é uma boa proteção para quem pratica o Futevôlei. Pode precisar um tanto de adaptação na hora de cabecear a bola, mas é possível utilizá-la perfeitamente durante as partidas.
  • Camisa térmica: a camiseta de proteção solar também é uma boa aliada para quem não quer sair dos jogos com um bronzeado excessivo. 
  • Óculos esportivo: nem todo mundo usa, mas é uma boa opção para quem quer evitar que as partículas de areia no ar possam entrar nos olhos e causar danos e irritação.
futevolei 4

De maneira geral, o esporte não exige muito mais que esses acessórios (que são opcionais). Não é à toa, é um esporte muito democratico e aberto para qualquer pessoa que ame a atividade.

É muito importante também ressaltar que o uso do filtro solar e a hidratação são fundamentais para evitar problemas de saúde, especialmente o câncer de pele.

Cuidado com a qualidade de areia

Outro ponto importante de ressaltar é verificar o estado da areia antes de começar a jogar. Muitas quadras, seja pela qualidade da areia ou por uma chuva ou sujeira, podem apresentar uma areia pouco fofa e, por vezes, desnivelada, o que pode ocasionar lesões e fazer sua experiência ser péssima.

Por isso, sempre pratique o Futevôlei em locais onde a qualidade dos equipamentos e do ambiente sejam perfeitos para você desfrutar da atividade com o máximo de segurança e comodidade.

Futevôlei no Clube Paineiras do Morumby

  • O clube Paineiras do Morumby possui uma gama enorme de opções de esportes, sejam elas recreativas, formativas ou competitivas. São mais de 3000 alunos, oferecendo diversos cursos de iniciação e aperfeiçoamento esportivo nas mais variadas modalidades e horários.

    O SEFFE (Setor de Educação Física e Formação Esportiva), por exemplo, é responsável por atender associados de 1 a 12 anos de idade, sempre em busca do desenvolvimento motor, psico-afetivo e social dos jovens, despertando neles o interesse pela prática esportiva.

  • O setor SEFFE também atua direcionando futuros atletas para a escolha de uma modalidade específica, acompanhando e encaminhando alunos com potencial esportivo para equipes competitivas do clube ou, quando não existir, para outros clubes que possam extrair o melhor desses atletas e os direciona para um futuro promissor. 

    No SAT (Setor de Aperfeiçoamento Técnico),  o clube atende associados a partir dos 12 anos, propiciando a continuidade da prática esportiva. 

    Quando o aluno apresenta potencial esportivo, o clube os aproveita em equipes competitivas do Paineiras ou, quando não existir, para outros clubes. O SAT busca manter crianças e jovens com o interesse no esporte, realizando diversas atividades coordenadas, como competições e amistosos, para que eles possam continuar colhendo os frutos da prática do esporte em suas vidas.

  • O clube Paineiras do Morumby possui 4 quadras de areia que concentram as atividades de Beach Tennis, Futevôlei e Vôlei de Areia. 

    Para o Futevôlei, o clube oferece cursos regulares da modalidade e também disponibiliza horários reservados conforme a grade de utilização das quadras. Se quiser saber mais, entre em contato com nossa central de atendimento e venha praticar esse esporte conosco.

Tem interesse em fazer parte dessa família?

Sua família também pode fazer parte do melhor clube social do Brasil

Artigos relacionados