Skate – Conheça a História e Como Aprender a Andar

O Skate, ou Skateboard, traduzido como “patins em uma prancha”, é um esporte que vem ganhando cada vez mais respeito e notoriedade no Brasil, que possui uma história incrível com o esporte.

Neste artigo vamos falar sobre o surgimento do Skate no mundo, seu desenvolvimento no Brasil, quem são os principais responsáveis pela difusão do esporte no país, como começar a andar de Skate e como o clube Paineiras do Morumby abraça esse esporte.

Índice

De onde surgiu o Skate?

A origem mais conhecida e aceita sobre a história do Skate vem dos Estados Unidos, mais especificamente da Califórnia. Tudo começou no início dos anos 1960, onde os surfistas da região ficaram frustrados com as estações de seca, quando a maré ficava muito baixa e as ondas impróprias para a prática do Surf.

Como solução para a falta de adrenalina, alguns desses surfistas juntaram tábuas de madeira e pedaços de pranchas com rodinhas de patins quebrados, e criaram o que era chamado de Sidewalk Surf (ou Surf de calçada).

Aquela criação logo caiu nas graças dos jovens, ganhando uma identidade própria e diversas vertentes de modalidades e manobras, inclusive com campeonatos locais sendo realizados.

Nesse início ainda não existiam pistas de Skate para a prática, fazendo com que os praticantes utilizassem piscinas vazias (comuns nos períodos de seca da estação) e obstáculos improvisados para melhorar sua técnica.

Era uma atividade muito divertida e dinâmica, o que ajudou muito na popularidade do esporte. Entretanto, o verdadeiro boom do Skate pelo mundo veio apenas nos anos 90, com o famoso Tony Hawk.

Considerado o maior skatista de todos os tempos (até então), ele trouxe uma revolução no que se trata da criatividade de movimentos e risco de manobras, elevando os parâmetros do esporte e provocando um verdadeiro frenesi mundial.

O jogo Tony Hawk’s Pro Skater, com edições para os principais consoles de vídeo game de 2000 até hoje, é um dos jogos mais populares do mundo.

O Skate no Brasil

A história do Skate no Brasil data do início dos anos 1960, principalmente no Rio de Janeiro, provavelmente incentivado por filhos de norte-americanos e pelos brasileiros que voltavam dos Estados Unidos.

Os praticantes eram sempre aquelas pessoas que já se interessavam pelo Surf ou que já pegavam onda. Era praticado sobre eixos de patins com rodas de borracha ou ferro pregados em madeira.

O fato é que o esporte engatinhou e teve alguns leves voos de popularidade de 1970 até os anos 2000. O primeiro boom veio nos anos 70, principalmente pelas recorrentes propagandas e matérias que eram produzidas na revista Pop, muito consumida pelo público jovem.

 

Aquela popularidade ajudou na criação de alguns campeonatos, como o campeonato do Primeiro Clube Federal em 1974. Dois anos depois, algumas pistas também foram inauguradas no Brasil, como a pista de Nova Iguaçu e o Brasil já mandava algumas equipes para participar de competições pelo mundo.

O esporte teve uma queda acentuada nos anos de 1980, principalmente pela rápida popularização dos patins e do BMX, fazendo com que muitas marcas que produziam skates começassem a falir e perder mercado.

A indústria nacional do Skate ajudou a manter o esporte no Brasil, principalmente no final da década de 80 e começo da de 90, assim como as revistas especializadas e os programas de TV, como o TV Vibração, da Rede Record, dedicado somente ao Skate.

Captura de Tela 2022 07 11 às 12.26.59

Fonte: Imagem de reprodução: https://historiadoesporte.wordpress.com/2019/09/23/pintou-o-verao-surfe-skate-e-juventude-na-revista-pop-1972-1979/

Sandro Dias
Sandro Dias

Os meados dos anos 90 foram especiais para o Skate no Brasil. A modalidade street fixou muito forte no dia a dia dos brasileiros amantes do esporte, além das manobras que evoluiam cada vez mais, muito em função dos novos shapes, mais práticos e tecnológicos.

Muitos canais de televisão, revistas e sites também ajudaram na divulgação e difusão do esporte, influenciando em sua maturação. Celebridades como Chorão, do Charlie Brown Jr. e Badauí, do CPM 22, também foram peças fundamentais para proliferar o esporte no país.

Os filmes, jogos de videogame e documentários também foram peça chave para tirar o estigma que o esporte tinha, como algo mais alternativo e marginal.

Logo foi criada a Confederação Brasileira de Skate (CBSk), que possibilitou a construção de pistas pelo Brasil. Nessa época, estima-se, segundo levantamento do Datafolha, que havia mais de 2,7 milhões de praticantes pelo país.

Nomes do Skate no Brasil

O Brasil é um verdadeiro celeiro de craques do Skate, e certamente o sucesso de diversos nomes lendários do esporte também ajudaram a difundir e tornar o esporte algo marcante no Brasil. Separamos alguns dos principais:

1 – Sérgio Fortunato de Paula (o Sérgio Negão)

O Sérgio Negão é considerado uma verdadeira lenda viva do Skate, sendo um dos primeiros skatistas a chegar em campeonatos mundiais. Em 1979, por exemplo, no primeiro campeonato de prancha, ele atingiu a terceira colocação, atestando seu talento na modalidade.

Negão se destacou muito na modalidade de skate vertical, onde são realizadas manobras em rampas. Ele coleciona alguns títulos importantes ao longo da carreira, como o de bicampeão do campeonato de Bowl na Alemanha e um troféu como melhor skatista dos anos 80.

2 – Bob Burnquist

Bob é outra lenda viva do Skate e maior recordista de medalhas dos X-Game, com 30 títulos conquistados. Ele é muito reconhecido pelas manobras insanas e inéditas que desenvolveu, como uma considerada impossível: o 900º.

bob burnquist
Fonte: Imagem de Reprodução: @bobburnquist

3 – Sandro Dias (o Mineirinho)

O famoso Mineirinho, é considerado o rei dos 540º em solo brasileiro. Para se ter uma ideia de sua importância no esporte, com apenas 13 anos já subia nos pódios, conquistando títulos de campeão brasileiro na modalidade street.

Mineirinho tem diversos títulos importantes em sua história, como o Slam City Jam e o Latin X Games, tendo seu ápice com o bi-campeonato no X-Games em 2007.

4 – Luan de Oliveira

É impossível falarmos de Skate nacional sem mencionar Luan de Oliveira. Ele é um dos skatistas com maior técnica e um dos maiores influenciadores do esporte na atualidade. 

Luan Oliveira foi o primeiro brasileiro a ganhar uma etapa do Street League e chegar ao ranking do overall. Em 2018, por exemplo, ele ganhou o BAT em uma disputa com o lendário Chris Joslin.

5 – Letícia Bufoni

Letícia também é muito importante para o esporte no Brasil, deslanchando na modalidade street desde muito nova, inclusive participando da categoria masculina por algumas vezes.

Ela foi a primeira brasileira a ganhar a etapa Street League Feminina. Nos X-Games de 2019 em Shanghai, também levantou a taça ficando em primeiro lugar na categoria street.

Letícia é referência para as novas gerações, como para Rayssa Leal, a “Fadinha”, que conquistou a medalha de prata no Skate nos Jogos Olímpicos de Tóquio, um marco para o esporte que foi reconhecido e aceito como modalidade olímpica nos últimos anos.

Leticia Bufoni
Letícia Bufoni. Fonte: Imagem de reprodução: @leticiabufoni

Como andar de Skate

Com o Skate não existem atalhos… tudo deve começar do início, como um iniciante completo… aprendendo a subir no skate, dar impulsos, virada e assim por diante.

O primeiro passo para aprender é obter o equipamento certo. Não adianta comprar um Skate qualquer na promoção e sair andando. Como em muitas profissões especializadas, é preciso procurar por lojas especializadas para ter o equipamento certo, como uma boa bicicleta para montanha ou um telescópio.

Para ter o equipamento correto, você precisa escolher bem o shape, as rodas, os eixos (trucks), rolamentos e parafusos. O tênis também é importante, pois muitas das manobras exigem uma boa aderência no contato do sapato com a prancha.

Como iniciante, os equipamentos de segurança também são importantes, pois é muito provável que você tenha algumas quedas até começar a aprender. Muitos optam por capacete, protetores de pulsos, cotovelos e joelhos.

Os primeiros passos para aprender a andar são:

1 – Se equilibrar em cima do Skate. Saber como subir na prancha é fundamental e um dos passos iniciais mais importantes.

2 – Saber remar. Isso é, ficar em cima do Skate e empurrar o chão com uma das pernas para pegar velocidade. 

3 – Saber direcionar. Você pode “virar” seu Skate tanto pressionando os eixos (trucks) para um lado ou outro, como fazendo os “tic tacs”, quando você levanta uma das partes do Skate e gira o eixo para um dos lados.

4 – Aprender o Ollie. É a manobra base para qualquer coisa… seja subir em uma calçada, deslizar ou fazer qualquer tipo de manobra é preciso saber bem o Ollie. É como um salto, onde você pressiona a parte de trás do Skate, saltando e voltando para a base sem cair. 

skate ollie

Quer aprender a andar de Skate?

O clube Paineiras do Morumby através de orientação de diversos profissionais capacitados, possibilita que crianças, jovens e adultos aprendam e se preparem para desenvolver diferentes habilidades do Skate.

O clube oferece diferentes cursos, proporcionando vivências sobre a prática da modalidade nos mais variados estilos e bases, mostrando os benefícios que a atividade proporciona à saúde, tanto física como mental.

Quer aprender a andar de Skate? Converse com nossa central de atendimento e confira nossa grade de horários.

Tem interesse em fazer parte dessa família?

Sua família também pode fazer parte do melhor clube social do Brasil

Artigos relacionados