Dança do Ventre

A dança do ventre é uma das formas de dança mais antigas do mundo, que tem suas origens no mundo árabe, especificamente no Egito. As principais características da dança do ventre são os movimentos do tronco e do quadril, um tipo de música particular, e a forma do corpo, que é parte integrante dessas danças.

A dança do ventre é uma forma popular de dança que se originou no Oriente Médio. Muitas vezes é considerada sensual e erótica e geralmente é realizada para fins de entretenimento. No entanto, há mais na dança do ventre do que aparenta! 

Devido à globalização, a dança do ventre agora é bastante comum no mundo ocidental, com muitas pessoas praticando-a como uma forma de exercício. Os movimentos constantes do quadril e da barriga fortalecem os músculos do estômago e é uma forma divertida de cardio. Uma dançarina do ventre torna-se muito flexível e saudável devido ao treino da dança.

Como essa forma de arte viajou por vários países, foi mudando o traje usado e a música tocada de acordo com o país em que é apresentada. Este artigo discutirá vários fatos notáveis ​​sobre essa fascinante forma de dança. Vamos explorar sua história e os benefícios da dança do ventre para a saúde. Então continue lendo para saber mais sobre essa forma de dança do Oriente Médio!

Sumário

Dança do Ventre: História

danca do ventre 3

Hoje, a dança do ventre é uma das formas de dança mais famosas do mundo, ao lado de danças de balé. No mundo ocidental, é considerada uma forma de dança tradicional e uma forma de entretenimento exótico, mas no mundo árabe, não se originou como entretenimento exótico. No Oriente Médio, homens, mulheres e crianças faziam dança do ventre para se divertir em ocasiões alegres. Vamos olhar para as origens desta forma de dança do Oriente Médio e como ela evoluiu ao longo dos anos.

  • Acredita-se que a dança do ventre em seus primeiros dias era um ritual de fertilidade realizado por mulheres para mulheres.
  • Nos anos mais recentes, a dança do ventre pode ser rastreada até os séculos 18 e 19, quando as dançarinas do ventre eram uma tropa de dançarinas itinerantes conhecidas como ghawazee.
  • Essas mulheres vieram originalmente do Egito, mas foram banidas e viajaram para a Europa e o Oriente Médio, aumentando a popularidade da forma de dança.
  • Durante esses primeiros dias, a forma de dança era conhecida como dança ‘oriental’, e o termo dança do ventre originou-se pelos europeus quando olhavam para as mulheres realizando esses movimentos do estômago e do quadril como parte da dança.
  • Você sabia que pintores e autores europeus são creditados principalmente por difundir esta forma de arte através de suas obras?
  • Durante o século 18, alguns exploradores franceses viajaram para o Egito e encontraram mulheres vestindo trajes locais e realizando esta forma de dança única com seus quadris e barriga.
  • Os franceses a chamaram de ‘dance du ventre’, traduzido diretamente como ‘dança do estômago’.
  • A dança do ventre foi introduzida na América durante a década de 1890 na Feira Mundial de Chicago pela primeira vez por Sol Bloom.
  • Os historiadores afirmam que em 1908, a dança do ventre também se espalhou para Coney Island e, em questão de tempo, se espalhou para as áreas metropolitanas da América.
  • Nas décadas de 1960 e 1970, a maioria dos cidadãos estadunidenses conhecia a dança do ventre, e foi um período em que as mulheres estavam ganhando poder na sociedade e procuravam experimentar coisas novas.
  • Curiosamente, depois de introduzir a dança do ventre nos Estados Unidos, ela foi influenciada por formas de dança latina, bandas marciais americanas e até dança de balé.
  • Você sabia que a indústria de Hollywood e outros cineastas desempenharam um papel fundamental na sensualização da dança do ventre ao longo dos anos? Contrataram dançarinas do ventre para colocá-las no palco e exibir a dança tradicional como uma forma de entretenimento sensualizado.

Os benefícios da dança do ventre para a saúde

danca do ventre 2

A dança do ventre não é a atividade mais extenuante de todas, e é um exercício de baixo impacto que pessoas de qualquer faixa etária podem praticar para manter a forma. A dança do ventre é benéfica para sua saúde física e sua saúde mental. Houve vários casos em que a dança do ventre passou a melhorar o estado mental de um homem ou o estado mental de uma mulher e ajudou a pessoa a relaxar.

  • A maior parte do movimento realizado por uma dançarina do ventre envolve o tronco, e a prática contínua leva à flexibilidade do tronco, o que é benéfico para a saúde humana.
  • Uma dançarina do ventre realiza alongamento e fortalecimento contínuo da coluna vertebral e dos músculos abdominais, beneficiando a coluna.
  • Você sabia que a dança do ventre se concentra no fortalecimento de vários músculos femininos centrais, como quadríceps, oblíquos e glúteos?
  • Os movimentos das dançarinas do ventre ajudam na tonificação muscular.
  • Você pode não ter percebido ainda, mas enquanto pratica dança do ventre, você trabalha principalmente as áreas pélvicas do seu corpo junto com os joelhos e a coluna.
  • Você sabia que as dançarinas do ventre muitas vezes precisam manter posturas e posturas específicas por períodos consideráveis de tempo? Seus joelhos, coluna e pélvis precisam estar perfeitamente posicionados para manter o equilíbrio corporal.
  • Dançarinos profissionais também experimentam a liberação de tensão e estresse de seus corpos, enquanto a dança do ventre como o alinhamento correto do corpo desempenha um papel fundamental no alívio desse estresse.
  • Eventualmente, seu corpo será muito mais flexível do que antes devido às suas práticas de dança do ventre, o que reduzirá significativamente o risco de lesões.
  • Algumas pessoas acreditam que a música suave no final da dança do ventre ajuda a proporcionar uma experiência meditativa que acalma a mente.
  • A socialização é um dos benefícios secundários da dança do ventre. Quando você participa de uma aula de dança do ventre, tende a fazer novos amigos de vários aspectos da vida, tornando-se mais sociável.
  • No passado, a dança do ventre provou ser uma maneira benéfica de aumentar os níveis de confiança e ter orgulho de seu corpo.
  • Além disso, a dança do ventre é benéfica para mulheres grávidas e para quem está tentando perder peso.
danca do ventre 4

Dança do Ventre no Clube Paineiras do Morumby

O curso ensina a técnica da dança do ventre através de movimentos corporais específicos da disciplina, trabalha a conscientização corporal, estimula a auto-estima e auxilia na manutenção de uma postura elegante. Matrícula até 31 de agosto de 2022.

Veja mais detalhes sobre o curso da dança do ventre, seus horários e condições, aqui

Tem interesse em fazer parte dessa família?

Sua família também pode fazer parte do melhor clube social do Brasil