As Mulheres e o Esporte – 15 fatos sobre as mulheres no esporte

As mulheres no esporte

15 fatos sobre as mulheres no esporte

No Clube Paineiras do Morumby, tentamos ser o mais encorajadores possível em ambos os sexos e acolhemos ambos os sexos com igual apoio às nossas sessões formativas, competitivas e recreativas no esporte. No entanto, muitas vezes há uma diminuição em relação ao número de mulheres nos esportes. Queríamos compartilhar alguns fatos que achamos interessantes sobre as mulheres e o esporte!

Sumário

As mulheres no esporte

1 - Abrindo as Portas para a Participação Feminina nos Esportes

Em 1972, o Congresso dos Estados Unidos aprovou o Título IX da Lei de Emendas à Educação de 1972, uma lei federal que proíbe a discriminação com base no gênero em instituições educacionais que recebem fundos federais. Popularmente chamada de “Título IX”, essa lei abriu as portas para que as mulheres participassem de esportes em todos os níveis e em números inéditos. Geralmente é visto como o que abriu as portas para as mulheres e sua participação nos esportes na maior parte do mundo ocidental.

2 - A importância do ambiente

Incentivar e criar um ambiente divertido é a chave para aumentar a participação das mulheres no esporte!!!

A maioria das meninas de 9 a 12 anos citam “diversão” como a principal razão para serem fisicamente ativas. Quando dizemos coisas negativas sobre garotas que jogam, não é divertido para elas serem submetidas a tais críticas.

as mulheres e o esporte 2

3 - O espírito esportivo

Uma pesquisa abrangente de atletas do ensino médio pelo Josephson Institute of Ethics, sem fins lucrativos, descobriu que as meninas são cerca de duas vezes mais propensas que os meninos a modelar o bom espírito esportivo.

as mulheres e o esporte 3

4 - O Temperamento feminino

As meninas nos esportes discutem e se comunicam com menos raiva do que os homens: em vez de confrontar, quando surgem divergências no grupo, as meninas discutem as coisas de forma mais racional e construtiva do que os homens (isso é algo que os meninos podem ser ensinados a fazer). Abraços de equipe e gritos de guerra são predominantemente exibições comuns a atletas do sexo feminino.

5 - As meninas muitas vezes podem ser tão fisicamente capazes quanto meninos e homens.

Com treinamento de força suficiente, as mulheres podem levantar, carregar e marchar tão bem quanto os homens, de acordo com pesquisadores do Exército dos Estados Unidos da Américas. Eles dizem que 78% das voluntárias testadas poderiam se qualificar para trabalhos do Exército considerados muito pesados, envolvendo o levantamento ocasional de 45 kg, após seis meses de treinamento de 90 minutos, cinco dias por semana.

6 - Houve muito progresso nos últimos 123 anos!

Embora as restrições ao acesso e participação de mulheres e meninas no esporte tenham estado presentes ao longo da história, progressos graduais foram alcançados. Em 1900, as primeiras 19 mulheres competiram nos Jogos Olímpicos modernos em apenas três esportes – tênis, golfe e croquet. Nos Jogos Olímpicos de 2004 em Atenas, as mulheres competiam em 26 dos 28 esportes e representavam 40,7% do número total de atletas, estabelecendo um recorde histórico de participação feminina nos Jogos Olímpicos.

7 - As meninas começam mais tarde

Em média, as meninas começam a praticar esportes cerca de 2 anos depois dos meninos. Isso muitas vezes pode ser a razão que define a diferença de habilidades entre os dois gêneros.

8 - Igualdade de Gêneros

A igualdade de gênero nos Jogos Olímpicos funciona tão bem que na verdade existem dois esportes nos quais os homens não podem participar: a ginástica e a natação artística.

9 - Rainhas no Golfe

A primeira mulher a jogar golfe foi Mary, Rainha da Escócia.

10 - Criando conteúdo

O primeiro material de exercícios para mulheres foi publicado em 1856 por Catherine Belcher.

11 - Jogos de Hera

Nos tempos antigos, as Olimpíadas eram tradicionalmente realizadas apenas para homens, mas as mulheres tinham seus próprios jogos chamados “Jogos de Hera”.

as mulheres e o esporte 4

12 - Quem conquistou a 1ª Medalha olímpica feminina?

A primeira medalha olímpica feminina foi conquistada pela patinadora artística Madge Syers (Reino Unido) em 1908.

13 - Quem foi a 1ª afro-americana a ganhar uma medalha nas olimpíadas?

Em 1948 a atleta de salto em altura Alice Coachman foi a primeira mulher afro-americana a ganhar uma medalha de ouro.

14 - Diferenças culturais

As mulheres no Oriente Médio não podem participar de artes marciais ou outros treinamentos esportivos organizados.

15 - Enfim lado a lado

2012: Os Jogos Olímpicos de Londres foram o primeiro evento olímpico em que todas as equipes dos países participantes tiveram participantes do sexo feminino e também o primeiro evento em que houve participantes do sexo feminino em todos os esportes olímpicos.

Vale a pena mencionar que as mulheres conquistaram muito mais ao longo do século passado em termos de esportes e igualdade nos esportes.

as mulheres e o esporte 5

Benefícios da prática esportiva para meninas e mulheres

O esporte tem sido uma das experiências de aprendizagem sociocultural mais importante para meninos e homens por muitos anos. Esses mesmos benefícios devem ser concedidos às garotas. É importante que todos nós saibamos que:

  • As meninas do ensino médio que praticam esportes são menos propensas a se envolver em uma gravidez indesejada, mais propensas a obter melhores notas na escola e mais propensas a se formar do que as meninas que não praticam esportes.
  • Apenas quatro horas de exercício por semana podem reduzir o risco de câncer de mama de uma adolescente em até 60%.
  • Meninas e mulheres que praticam esportes têm níveis mais altos de confiança e autoestima e níveis mais baixos de depressão.
  • Meninas e mulheres que praticam esportes têm uma imagem corporal mais positiva e experimentam maiores estados de bem-estar psicológico do que meninas e mulheres que não praticam esportes.
  • O esporte é onde os meninos tradicionalmente aprendem sobre trabalho em equipe, estabelecimento de metas, busca da excelência no desempenho e outros comportamentos orientados para a realização – habilidades críticas necessárias para o sucesso no local de trabalho. Não é por acaso que 80% das executivas das empresas da Fortune 500 se identificaram como ex-jovens que praticaram esportes.
  • As equipes nos esportes são escolhidas com base nos pontos fortes e competências das pessoas, e não em quem gosta ou não se gosta. Isso parece um conceito tão simples, mas as mulheres tradicionalmente aprenderam a escolher seus amigos enfatizando os relacionamentos humanos em vez de competências de habilidades.

As mulheres e o esporte no Clube Paineiras do Morumby

As mulheres e o esporte: O Clube Paineiras do Morumby oferece diversas atividades esportivas para as suas associadas mulheres, como futebol, voleibol, natação, etc. O departamento esportivo está dividido em três áreas distintas: Área Formativa, Área Competitiva e Área Recreativa. Confira todos os esportes e detalhes aqui neste link.

Tem interesse em fazer parte dessa família?

Sua família também pode fazer parte do melhor clube social do Brasil