Compostagem e reciclagem no clube

Compartilhe:

O mundo vive uma situação alarmante em relação à geração de resíduos. Esta situação é especialmente agravada por alguns fatores como crescimento da população, forte cultura de consumo e o uso excessivo dos aterros sanitários, o que sugere a criação de opções melhores de destinação de resíduos. Assumindo sua responsabilidade de grande gerador de resíduos, o Paineiras, em 2019, adotou ao selo de Resíduo Zero, capitaneado pela Eccaplan.

A campanha Sou Resíduo Zero chegou para implantar um sistema ético, econômico, eficiente e visionário, para orientar as pessoas a mudarem seus estilos de vida e práticas para fomentar ciclos naturais, em que todos os materiais descartados sejam projetados para tornarem-se recursos para a produção de outros materiais. Foram criadas duas frentes de trabalho, a de reciclagem e a de compostagem.

A reciclagem

Desde a implantação do projeto, o Clube passou a separar todos os tipos de resíduos recicláveis e a destiná-los para cooperativas de catadores de materiais recicláveis, garantindo assim a reciclagem efetiva. Foi criada uma estação de reciclagem no P2 onde a equipe da Eccaplan faz a separação dos resíduos encaminhados pela equipe de limpeza do Clube.

Foram distribuídos coletores de materiais recicláveis por todas as áreas. Além disso, foram realizados treinamentos para os concessionários e funcionários, com foco na separação de resíduos e destacando a importância de escolher o coletor certo. Com isso, a equipe recebe o resíduo, limpa e organiza para retirada pelas Cooperativas. O projeto de ampliação dessa estação já foi aprovado e deve ser iniciado ainda no primeiro semestre de 2022.

E a compostagem

Já a compostagem começou a ser implantada em 2021, com a montagem de 6 leiras de aeração para absorver todo resíduo orgânico gerado pelo Paineiras. A montagem das leiras foi feita pela equipe de jardinagem usando recursos do próprio Clube, e hoje a manutenção é feita por um dos membros dessa equipe. Todos os concessionários foram treinados e capacitados sobre a compostagem, uma vez que a separação correta na fonte é essencial para o bom andamento do processo.

Os resultados

– 13.500 Kg de resíduos orgânicos compostados.

– 543.315 Kg de resíduos destinados corretamente para reciclagem

– 180.646 kg de CO2 não emitidos

Próximos passos

– Expansão da estação de reciclagem

– Expansão das leiras de compostagem

– Implementação da Horta Paineiras

– Trabalho com os concessionários para escolha de insumos com menor impacto (descartáveis etc)

Além dos benefícios ambientais, a compostagem e reciclagem geram conscientização e sensibilização de todos os envolvidos. A disseminação do conhecimento é o que acreditamos ser a chave para que um dia, essas práticas passem a ser comuns a todos.

Artigos relacionados