Crochê e Tricô

Então, você quer criar seus próprios suéteres, cachecóis, meias, brinquedos ou cobertores? Ou você está apenas procurando um hobby acessível e razoavelmente barato que alguns dizem ter aspectos muito calmantes, até mesmo meditativos? E agora você está se perguntando sobre as diferenças entre crochê e tricô?

Deixe-me levá-lo pela mão e guiá-lo pelos prós e contras de cada ofício. Você provavelmente está se perguntando qual dos dois é mais fácil para iniciantes e possivelmente até qual hobby pode ser melhor para você. E este post responderá a todas essas perguntas e abordará alguns fatos que você talvez ainda não esteja ciente sobre o crochê e tricô.

Sumário

As diferenças entre crochê e tricô em resumo

Uma rápida pesquisa mostrará facilmente que há uma variedade de peças de roupa, brinquedos ou itens domésticos (como cobertores, suéteres, etc.) produzidos com qualquer um dos ofícios.

Então, quando se trata de escolher entre os dois, acho muito importante entender que nenhum deles limita sua criatividade ou o número de escolhas. O que será diferente, porém, é o tecido que você cria e a facilidade (ou dificuldade) de certas técnicas. Vamos saber um pouco mais:

croche e trico 1

As técnicas e ferramentas

O tricô é feito com duas agulhas usando as duas mãos. Essencialmente, você está usando uma agulha para armazenar loops e a outra para retirar uma nova linha de loops deste fundamento. Inicialmente, isso requer muita memória muscular e destreza, especialmente porque todos os pontos podem se desfazer a qualquer momento ou cair de suas agulhas muito pontudas e escorregadias.

Isso também significa que os padrões de tricô geralmente exigem vários meios e ferramentas adicionais para moldar o tecido, colocar pontos em espera ou pegar pontos. Objetos tridimensionais podem ser particularmente difíceis de criar e podem exigir um conjunto completo de cinco agulhas de tricô de ponta dupla.

O crochê usa apenas uma agulha com gancho e uma mão principal para criar o tecido. Embora ambos os ofícios exijam que você puxe o fio através de laços, o gancho facilita muito esse processo. Além disso, os pontos resultantes são estáveis ​​(essencialmente uma cadeia de nós) e apenas o ponto atualmente ativo pode se desfazer.

Isso também torna a correção de erros tão fácil quanto puxar o fio para desfiar alguns pontos, enquanto no tricô, corrigir erros requer muito mais habilidade (e, na verdade, uma agulha de crochê). Além disso, para o crochê, você normalmente não precisa de outras ferramentas para os padrões mais complexos.

O tecido

Hoje em dia, a maioria das roupas disponíveis comercialmente em lojas de varejo são tricotadas – mesmo aquelas que podem não parecer que foram. Camisetas, suéteres, meias ou roupas íntimas geralmente são feitas de jersey – um tecido de malha fina especial.

A maioria das pessoas associa tricô com roupas e há uma quantidade inimaginável de padrões disponíveis para tricotadores manuais. Se é isso que você está procurando, o crochê provavelmente irá decepcioná-lo.

Como o tecido é construído apenas usando os laços (pontos) nas agulhas, os padrões de tricô geralmente seguem uma forma muito lógica. Isso torna muito fácil criar um tecido liso uniforme (como um retângulo ou um tubo), mas consideravelmente difícil tricotar estruturas mais elaboradas. O trabalho de cores intrincado pode ser muito mais fácil, no entanto.

No crochê, os pontos são formados principalmente por perfurações nas linhas anteriores. O resultado normalmente será um tecido mais espesso e esburacado com muito mais textura ou um com muitos furos decorativos. Normalmente, também usa mais fio em comparação com o tricô e é um pouco menos elástico, pois os pontos adjacentes não são conectados de maneira direta.

Especialmente quando se trata de roupas, a maioria das pessoas associa o tecido de crochê a guardanapos antiquados ou tipos de sutiãs hippies – um pouco mais extravagantes, poderíamos dizer. Como o tecido geralmente é muito mais denso, ele pode ser usado para dar suporte a formas tridimensionais (como brinquedos ou decoração de casa) com muito mais facilidade.

croche e trico 2

Qual é mais fácil: tricotar ou fazer crochê?

O crochê requer um pouco menos de destreza e multitarefa e, portanto, pode ser considerado mais fácil. Manipular os muitos pontos vivos e corrigir erros pode ser muito mais difícil para iniciantes de tricô. Além disso, os pontos de crochê são geralmente maiores do que os de tricô, por isso é um pouco mais rápido criar a mesma área de superfície (mas usa mais fio).

Além disso, o tricô normalmente diferencia entre o lado certo e o lado errado, enquanto esse tipo de pergunta é menos preocupante no crochê. Portanto, para crianças muito pequenas (abaixo de 8 anos), o crochê básico é provavelmente mais fácil. O mesmo se aplica a adultos que não possuem controle fino delicado em suas mãos. Mais ou menos qualquer um pode puxar um laço de fio através de outro laço usando um gancho. As agulhas de tricô não têm gancho, então, no início, os pontos frequentemente escorregam das agulhas.

croche e trico 3

É muito importante notar, no entanto, que projetos avançados de crochê ou tricô são muito semelhantes em dificuldade. Então, é apenas a curva de aprendizado inicial. Isso basicamente significa que, se você está apenas procurando uma pequena distração por uma ou duas horas, tricotar pode ser um pouco difícil demais. Mais tarde, as diferenças de dificuldade são insignificantes e não é como se o básico do tricô fosse realmente difícil de aprender. Milhões de pessoas fizeram isso antes de você.

Um tópico muito importante que precisa ser abordado são as ferramentas que você precisa. Crochê, como já falado, basicamente só precisa de algumas agulhas com ganchos e fios. Por uma quantia pequena de dinheiro você pode acessar basicamente quase todos os padrões iniciantes e intermediários.

Quando se trata de tricô, os custos podem aumentar rapidamente. Um único conjunto de agulhas de tricô intercambiáveis ​​de qualidade, sem dúvida o investimento mais econômico de todos, pode custar caro. E isso não inclui todas as outras ferramentas de tricô que você pode precisar.

Claro, você não precisa de todos esses suprimentos ao começar e um kit para iniciantes de tricô custará aproximadamente tanto quanto o equivalente em crochê. Mais tarde, as diferenças podem ser notadas se você quiser tricotar uma ampla gama de projetos que exigem diferentes tipos de agulhas e ferramentas especiais. Por outro lado, o tricô é muito mais eficiente na linha (usa cerca de 30% menos) e muitas vezes a linha é o fator de custo mais importante.

Crochê e tricô no Clube Paineiras do Morumby

O curso gratuito oferecido pelo Clube Paineiras ensina técnicas múltiplas de pontos em tricô e crochê para confecção de peças de vestuário ou decoração, de acordo com a necessidade e possibilidade de cada aluna. Por ser um curso de características individuais, não requer conhecimento anterior e proporciona entrosamento e convívio social intenso.

Os horários são: Segundas – 14:00 às 17:00 / Terças – 13:00 às 16:00 / Quintas – 14:00 às 17:00.

Veja mais informações sobre o curso de crochê e tricô aqui.

Tem interesse em fazer parte dessa família?

Sua família também pode fazer parte do melhor clube social do Brasil