Jogos Olímpicos – Tudo sobre as modalidades

Esportes Olímpicos

Jogos Olímpicos - história, modalidades e próximos eventos

Os Jogos Olímpicos são assim chamados, sendo um dos maiores eventos esportivos do mundo, nos quais atletas de mais de 200 países participam de disputas em diversas modalidades esportivas em busca da famosa glória eterna: a medalha de ouro no peito e o hino de sua nação tocado no ponto mais alto do pódio.

No artigo de hoje, vamos nos aprofundar na história dos Jogos Olímpicos, como ele é disputado, quais esportes compõem a disputa e toda magia do simbolismo envolvido nesse grande evento. Senta que lá vem história!

Ah! Antes de continuarmos, se você é um aspirante a atleta, não deixe de conferir esses artigos:

– Esportes de Alta Performance: Um guia para atletas aspirantes
Atletismo

Sumário

O que são os Jogos Olímpicos e como são realizados?

Trata-se de uma competição que visa a promoção da união e paz entre os povos, garantindo o desenvolvimento harmonioso da humanidade por meio da prática esportiva. Vários estudiosos defendem que o evento traz inúmeras vantagens para a integração da humanidade, principalmente pela capacidade do esporte em produzir na vida humana, unindo pessoas com simplicidade.

Bandeiras do mundo ao vento

Como são os Jogos Olímpicos?

Os jogos olímpicos são um dos maiores eventos esportivos do mundo, onde países dos cinco continentes se reúnem para competir em diferentes modalidades esportivas. Ocorrem de quatro em quatro anos e são divididos entre as edições de verão e inverno. Mais recentemente, as Paralimpíadas também fazem parte do calendário do Comitê Olímpico Internacional (COI), onde atletas com deficiência disputam o mais alto lugar do pódio.

Quais são os esportes olímpicos?

Atualmente, a lista de esportes Olímpicos passam por:

  • aquáticos (natação competitiva, artística, maratona aquática, saltos ornamentais e polo aquático);
  • tiro com arco;
  • atletismo;
  • badminton;
  • basquete e basquete 3×3;
  • boxe;
  • breaking;
  • canoagem de velocidade e slalom;
  • ciclismo (BMX freestyle, BMX Racing, de estrada e de pista);
  • hipismo (adestramento, salto e concurso completo);
  • esgrima;
  • futebol;
  • golfe;
  • ginástica artística, rítmica e de trampolim;
  • handebol;
  • hóquei;
  • judô;
  • pentatlo moderno;
  • remo;
  • rugby e rugby sevens;
  • vela;
  • tiro esportivo;
  • skate;
  • escalada esportiva;
  • surfe;
  • tênis;
  • tênis de mesa;
  • taekwondo;
  • triatlo;
  • vôlei de quadra e de praia;
  • levantamento de peso;
  • luta greco-romana e estilo livre.

Qual é o símbolo dos Jogos Olímpicos?

O símbolo olímpico é composto por cinco anéis que representam os cinco continentes do mundo: África, América, Ásia, Europa e Oceania. Eles estão entrelaçados para simbolizar a amizade esportiva de todos os povos.

Anéis olímpicos em frente ao hotel

A história dos jogos Olímpicos

Os primeiros Jogos Olímpicos, ou Jogos Olímpicos da Antiguidade, aconteceram ainda na Grécia antiga como uma forma de prestar homenagens aos deuses gregos, e eram intimamente ligados aos rituais religiosos da época.

A expressão “Olimpíadas” origina-se da localidade de Olímpia, na antiga Grécia, local onde se realizavam os primeiros Jogos Olímpicos. Esse era apenas um dos quatro eventos pan-helênicos que ocorriam na Grécia Antiga, e eram celebrados a cada quatro anos , em tributo a Zeus, o soberano dos deuses na mitologia grega.

O termo “Olímpicos“, por sua vez, é proveniente de “Olympos“, que é o nome de uma montanha na Grécia. Na mitologia grega, o Monte Olimpo era o domicílio ou morada sagrada dos deuses, e é por essa razão que a cidade e os jogos foram batizados em sua honra.

As primeiras edições surgiram por volta de 776 a.C, conforme alguns registros históricos. Entretanto, ainda não há um consenso entre os pesquisadores sobre algum dado histórico que de fato ateste a data correta do início dos jogos. Estipula-se que as competições ocorriam em momentos de trégua de conflitos entre cidades-estado gregas, o que era relativamente comum à época.

Aos vencedores das competições era dado uma coroa de oliveira, até hoje utilizada nas premiações, representando a supremacia moral e espiritual dos Jogos Olímpicos.

Coroa de oliveira

O fim dos Jogos Olímpicos

Resumindo, assim como atualmente, os jogos ocorriam de 4 em 4 anos, e assim seguiram até meados de 393 d.C, quando o imperador romano Teodósio baniu a realização dos jogos, marcando o fim das Olimpíadas da Antiguidade.

O Retorno dos Jogos olímpicos

A volta dos Jogos Olímpicos foi incentivada e idealizada pelo francês, pedagogo e esportista, Barão Pierre de Coubertin.

Coubertin era o responsável pela fundação que regulamenta as competições esportivas, e se inspirou na volta dos jogos após escavações arqueológicas feitas em Olímpia entre os anos de 1875 e 1881, onde foram achados diversos legados dos Jogos da Antiguidade, fato que impulsionou a criação do Comitê Olímpico Internacional (COI) em 1894.

A primeira edição dos Jogos Olímpicos modernos foi realizada em 1896, na cidade de Atenas, na Grécia. Participaram 14 países e mais de 240 atletas (homens, pois as mulheres eram proibidas de competir) em modalidades como atletismo, ciclismo, esgrima, ginástica, halterofilismo, luta, natação e tênis.

Desde o seu reinício em 1896, os Jogos Olímpicos não foram realizados apenas em 1916, devido à Primeira Guerra Mundial, e em 1940 e 1944, devido à Segunda Guerra Mundial.

Corredores passando o bastão de corrida

Indo mais a fundo na história dos jogos olímpicos

Os Jogos Olímpicos de 1940 foram originalmente concedidos a Tóquio, o que teria marcado a primeira vez que os Jogos seriam realizados na Ásia. No entanto, devido à invasão japonesa da China em 1937, os Jogos foram realocados para Helsinque, na Finlândia. Infelizmente, com o início da Segunda Guerra Mundial em 1939, os Jogos de 1940 foram finalmente cancelados.

Os Jogos Olímpicos de 1944 também foram cancelados devido à continuação da guerra. Eles deveriam ser realizados em Londres, mas a cidade só teve a oportunidade de sediar os Jogos em 1948, após o fim da guerra.

Os Jogos Olímpicos de 1948, também conhecidos como “Jogos da Austeridade” devido ao racionamento pós-guerra, foram notáveis por várias razões. Foi a primeira vez que a Alemanha e o Japão foram proibidos de participar por causa de seu papel na guerra. Além disso, foi a primeira vez que as mulheres foram autorizadas a competir em eventos de ginástica e canoagem.

Quer praticar um Esporte Olímpico? Vem pro clube Paineiras do Morumby!

O Clube Paineiras possui uma área formativa responsável por mais de 3.000 alunos, oferecendo diversos cursos de iniciação e aperfeiçoamento esportivo nas mais variadas modalidades.

Os setores SEFFE (Setor de Educação Física e Formação Esportiva) e SAT (Setor de Aperfeiçoamento Técnico) atendem crianças e jovens em busca do desenvolvimento motor, psico-afetivo e social, despertando neles o interesse pela prática esportiva.

O clube também possui uma área competitiva, se destacando em várias modalidades esportivas, disputando diversos tipos de campeonatos, nacionais, internacionais e interclubes, para as mais variadas faixas etárias e modalidades, desde os campeonatos para jovens e crianças até as competições de master.

O Clube oferece diversas modalidades , tais como:

  • Beach tennis
  • Bocha
  • Boxe
  • Canoagem e Remo
  • Condicionamento Físico Gold
  • CrossLPO
  • Futebol de veteranos
  • Futsal
  • Futevôlei
  • Ginástica e Fitness
  • Jiu Jitsu
  • Peteca
  • Pilates
  • SCORP (Grupo de Corridas)
  • Skate
  • Squash
  • Stand Up Paddle
  • Tênis
  • Tênis de mesa
  • Treinamento funcional
  • Vôlei de areia
  • Voleibol master e muito mais!

 

Quer praticar e aprender o melhor dos esportes dos Jogos Olímpicos? Entre em contato na nossa central e venha fazer parte do Clube Paineiras do Morumby. Sua família merece.

Tem interesse em fazer parte dessa família?

Sua família também pode fazer parte do melhor clube social do Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *